03
08/15

03
08/15

Grande verdade.

03
08/15

HEADS LANÇA CAMPANHA DE SEGURO DE VIDA PARA CAIXA SEGURADORA.

http://youtu.be/mAv_O9hpR34

+

 

Pais cuidam mesmo quando não estão mais por perto. Com esse conceito, a Heads Propaganda lança sua campanha de Seguros de Vida para Caixa Seguradora. Essa é a segunda campanha de produto feita pela agência, que, em junho, produziu uma campanha institucional para lançamento do conceito de marca”É pra você, sim”. E, logo depois, entrou no ar com a primeira campanha sobre Seguro Residencial.

“Nós assumimos um desafio junto ao cliente: fazer uma comunicação criativa para gerar resultados. Estamos felizes por já vermos os primeiros resultados dessa parceria surgindo”, disse Claudio Loureiro, presidente da Heads Propaganda.

Assim como foi feito nos outros filmes criados pela Heads e produzidos pela Delicatessen, a campanha parte do princípio que essa história poderia ser a sua. E a do produto Seguro de Vida, fala do dia em que uma filha vai seguir o seu sonho, só, que, para isso, ela precisa deixar a sua casa e estudar em outra cidade. O tom emocional dessa despedida e do início de uma nova vida conduz a narrativa do filme.

“Com uma história comum a qualquer família, o filme aborda um tema delicado: o fato de que um dia os pais podem não estar mais por perto. Como nas campanhas anteriores pra marca, estamos sempre buscando uma identificação verdadeira com a vida e o cotidiano dos brasileiros”, comenta Saulo Angelo, diretor de criação da Heads Propaganda.

O filme tem versões de 60” e 30” pra TV e, na internet, todo mundo poderá conhecer a história completa, em uma versão de dois  minutos. A campanha será lançada no dia 02.08 e veiculará em TV aberta e fechada, rádio e internet.

 

Fonte: Giusti

03
08/15

Bela foto.

03
08/15
03
08/15

Içami Tiba morreu.

Içami Tiba, autor de "Quem Ama, Educa!", "Adolescentes: Quem Ama Educa!" e "Homem Cobra Mulher Polvo"

Içami Tiba, 74, psiquiatra, educador e escritor especializado em psicoterapia familiar, morreu neste domingo (2) em São Paulo, capital. Ele estava internado no hospital Síro-Libanês para tratamento de câncer. A causa da morte não foi divulgada.

Nascido em 15 de março de 1941 em Tapiraí (SP), Tiba era filho de imigrantes japoneses. Ele formou-se em medicina pela Universidade de São Paulo em 1968, onde depois seria professor por mais de 22 anos, sendo 15 deles como docente de Psicodrama de Adolescentes no Instituto Sedes Sapientiae. Em sua clínica particular, na psicoterapia para adolescentes, realizou mais de 77 mil atendimentos.

Autor de 29 livros com mais de 4 milhões de exemplares vendidos, Tiba era referência para muitos pais e educadores e se dedicava também a palestras, tendo participado de 3.400 eventos. Entre as publicações mais famosas estão “Quem Ama, Educa!”, “Adolescentes: Quem Ama Educa!” e “Homem Cobra Mulher Polvo”.

Foi colunista em diversas publicações, entre elas o UOL, Jornal da Tarde, Revista Viva Mais, além de ter um programa semanal na Rede Vida.

O educador deixa a esposa Maria Natércia, os filhos Natércia, André e Luciana e os netos Kaká e Dudu. O corpo será sepultado  hoje às 16h no cemitério do Morumbi, em São Paulo (SP).

 

Fonte: UOL (Com Estadão Conteúdo)

03
08/15

Empresa britânica comprou Maguary e Dafruta.

A fabricante de bebidas britânica Britvic anunciou a aquisição da Ebba (Empresa Brasileira de Bebidas e Alimentos), dona das marcas de sucos Maguary e Dafruta. O valor da aquisição foi de cerca de R$ 580 milhões.

A companhia britânica afirmou, através de um comunicado, que pretende acelerar o crescimento da empresa investindo na ampliação de seu portfólio de marcas e em novas subcategorias, além de ingressar com outras marcas da Britvic no mercado brasileiro. A gestão dos negócios da Ebba no Brasil continuará a cargo da atual diretoria executiva, conforme foi informado em nota.

A multinacional é dona de marcas como Robinsons, J20, Tango and Fruit Shoot e tem acordos de distribuição de nomes como Pepsi e 7Up. A Britvic é a empresa líder no Reino Unido em concentrados, com 36,4% de participação, e a quarta empresa no mercado de sucos prontos.

De acordo com análises da Britvic sobre o mercado brasileiro de bebidas não alcoólicas, a empresa avalia que o segmento é relativamente inexplorado no país, em comparação com outros mercados em que a multinacional opera, como França e Irlanda.

Para a multinacional, os sucos infantis atualmente disponíveis no Brasil têm pouca diferenciação entre si e os produtos para adultos também não mostram diferenciais muito perceptíveis aos consumidores.

03
08/15

Orlando Orfei, o rei do circo, morreu.

Morre ao 95 anos, Orlando Orfei, um dos maiores nomes do circo
Morre ao 95 anos, Orlando Orfei, um dos maiores nomes do circo (VEJA.com/Divulgação)

Mesmo uma criança, em dias de circos sem animais e submetidos ao moderno e muitas vezes pretensioso charme da trupe universal do Cirque du Soleil, induzida a citar o nome de circo famoso diria: Orlando Orfei. No Brasil ao menos, ele sempre foi sinônimo de circo tradicional. Mundialmente reputado, Orfei morreu na noite de sábado (1), aos 95 anos, de pneumonia. O artista estava internado no HSCOR de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, desde o dia 16 de julho.

Nascido em 1920, na Itália, Orlando Orfei estava no Brasil desde o fim da década de 1960. O artista começou a se apresentar como palhaço ainda na infância, aos 6 anos. Foi numa visita ao Brasil, durante o Festival Mundial do Circo, no Maracanãzinho, no Rio, que ele se apaixonou pelo país.

Aqui, ele montou o Circo Nazionale D’Itália, que estreou em São Paulo em 1969. Três anos depois, fundou o Tivoli Park, na Lagoa, na Zona Sul do Rio. O Tivoli Park, que encerrou suas atividades cerca de duas décadas depois, foi um dos mais famosos parques de diversão do país.

Orlando deixa seis filhos, treze netos e seis bisnetos. O corpo do artista será velado nesta segunda-feira (3), a partir das 14h, no Cemitério Jardim da Saudade de Mesquita. O enterro será na terça-feira (4), no mesmo cemitério.

Soa espantoso, nos dias de hoje, dada a humanização dos animais – da qual a comoção com a crue morte do leão Cecil é o ponto mais evidente – imaginar que Orfei adorava posar em fotografias ao lado de bichos selvagens domesticados,tigres e leões, que ele tratava como filhos e que fazia a alegria do respeitável público.

 

Fonte: Veja

03
08/15

Sabático?

Página 5 de 3.215Primeira...4567...1015...Última